BAHAMAS

Sob imensos corais fica a paradisíaca Bahamas. Um arquipélago com mais de 700 ilhas e ilhotas, muitas desabitadas e outras cheias de resorts. No entanto ela leve um nome ambíguo: paraíso, não só pela beleza, mas também pelos paraísos fiscais.

ONDE ficar

BAHAMAS

  • Grand Bahama: é a maior ilha das Bahamas. Tem vários locais de hospedagem e onde ficam três parques nacionais, sendo que uma das atrações é a observação de uma grande variedade de pássaros. Lá você também poderá mergulhar nas águas transparentes das cavernas ou comprar artesanatos locais.
  • Nassau: é a capital do país, mas pouco procurada para férias. O transporte é relativamente barato pela ilha e pelo restante do país. Só que se essa for a sua escolha prepare-se: a ilha fica abarrotada. É para os que gostam de movimento, compras e muita agitação.
  • Exumas: é um conjunto de ilhas, consideradas as mais bonitas das Bahamas. São a Great Exuma, Little Exuma, Exumas Cays e a George Town. As Exumas são o destino perfeito para aqueles que curtem uma boa praia e gostam de contemplar a natureza.
  • Bimini: é outro conjunto de ilhas. As mais próximas de Miami, fica a apenas 80km. Com estrutura simples, já surpreende o visitante com o seu mar azul neons.
  • Eleuthera e Harbour Island são duas duas ilhas que ofereçam uma estrutura um pouco mais desenvolvida. O mar é claro, raso e calmo. A French Leave Beach, tem areia rosa.

O QUE fazer

BAHAMAS

  • Aproveitar a praia e a infraestrutura dos hotéis.
  • Visitar as diversas ilhas do país
  • Thunderball Grotto (locação de filmes de James Bond)
  • Jardins de corais negros de Bimini.
  • Day Use: a maioria dos hotéis oferecem esse tipo de acomodação para quem vem conhecer o local e está hospedado em outro hotel.
  • Blue Lagoon Island é um passeio imperdível para quem vai às Bahamas. Lá você tem a opção de nadar com golfinhos e leões marinhos. A ilha é linda e conta com diversas opções de recreação para adultos e crianças.
  • Stuarts Cove é um dos passeios mais emocionantes. O mergulho com tubarões é bastante procurado. Ainda no barco já é possível ver os tubarões se aproximando.

NOSSAS dicas

BAHAMAS

  • Vá entre novembro e abril, quando há o período de seca, longe das chuvas e dos furacões.
  • Existe transporte marítimo entre as ilhas, entretanto os turistas usam mais as linhas aéreas. Ou escolha fazer cruzeiros curtos de três dias saindo de Miami.
  • Brasileiros não precisam de visto, porém é obrigatório o certificado de vacinação contra a febre amarela.
  • As Bahamas são peculiares, dirige-se na mão inglesa e por mais que a missão possa parecer difícil, é bem mais fácil do que você possa imaginar.
  • Os mercados não vendem bebida alcoólica. Para comprá-las somente nos bares ou em liquor stores.
  • A internet móvel é bem lenta. Serve pra traçar rotas de GPS, pesquisas rápidas e com muito esforço colocar uma foto no Instagram.
  • No passado, as Bahamas eram o lugar preferido dos piratas que atacavam na região do Caribe. Por isso espere encontrar muito mistério e histórias do Barba Negra, o pirata mais temido.