CIDADE DO CABO

Mar, natureza, badalação, tudo em um só lugar. A Cidade do Cabo é totalmente cosmopolita, uma mistura dos países que colonizaram a cidade, o que é um atrativo para todos os gostos. A Cidade do Cabo fica em uma península ao pé da imponente Montanha da Mesa. Bondes sobem lentamente até o topo plano da montanha, que ostenta vistas panorâmicas de tirar o fôlego.

ONDE ir

CIDADE DO CABO

  • As lindas praias
  • Castle of Good Hope
  • Vinícolas
  • Robben Island
  • V&A Waterfront
  • Table Mountain
  • Old Biscuit Mill
  • Kirstenbosch National Botanical Garden

ONDE ficar

CIDADE DO CABO

  • Bo-Kaap: Suas casas coloridas escondem um bairro muçulmano que abriga a primeira mesquita do país. Vale uma visitinha caso não opte por se hospedar aqui. Tem comida deliciosa e bem regional.
  • Camps Bay: a dois passos do mar, é um dos bairros mais agitados da cidade, mas o custo benefício da hospedagem daqui é bom de mais. A orla vibrante está repleta de bares, restaurantes e lojinhas. O melhor de se hospedar na região é ter os Doze Apóstolos da Table Mountain como pano de fundo.
  • V&A Waterfront: é uma das melhores regiões para se hospedar, principalmente se não há a possibilidade de locar um carro.
  • Green Point: é um bairro litorâneo com fácil acesso ao V&A Waterfront e com hotéis econômicos, moderados e até luxuosos.
  • Downtown: o centro da cidade concentra bons hotéis com tarifas atrativas, porém é preciso ter atenção em relação à segurança. As ruas, com exceção da Long Street, costumam ficar completamente desertas à noite.

O QUE fazer

CIDADE DO CABO

  • Robben Island: é a ilha onde Nelson Mandela e seus companheiros ficaram presos por aproximadamente duas décadas. Geralmente os guias são ex prisioneiros que relatam inclusive as dificuldades que a África do Sul ainda passa quando o assunto é igualdade.
  • V&A Waterfront: é um complexo comercial bastante turístico com um shopping, lojas, restaurantes e até roda-gigante. É aqui também que sai os barcos para Robben Island.
  • Table Mountain: é outro ponto turístico obrigatório. Subir a montanha por meio de uma trilha, bem longa, ou de carro e ver a cidade de todos os ângulos. Além disso um bondinho, faz o passeio de 360º. A vista do pôr-do-sol é insano de tão lindo e conforme vai anoitecendo, as luzes da cidade começam a tomar conta e dividir o cenário com as estrelas. Imagens não podem descrever o que é isso ao vivo.
  • Old Biscuit Mill: é um mercado que abre aos sábados, onde você pode provar comida do mundo todo por um preço justo. Tudo lá é simplesmente delicioso. Não tem frescura, você pega a sua comida e senta em uma das cadeiras disponíveis ou no chão mesmo.
  • Vinícolas: a produção de vinhos é outro ponto alto. Você pode fazer um dos diversos tours de vinho por Stellenbosch: mas prepare-se para começar a beber desde muito cedo.
  • Kirstenbosch National Botanical Garden: é um passeio excelente para apreciar espécies naturais e exclusivas de lá. Você vai ter momentos de contemplação e do mais próximo contato com a natureza. Uma dica extra? O restaurante do jardim botânico tem pratos gostosos a preço justo!
  • Castle of Good Hope: é um forte com castelo, uma construção antiga e que ainda está de pé. Abriga três museus e tem um ar sinistro quando você entra no ambiente escuro, mas recheado de história, já que ali foi o centro de tudo, até câmara de tortura.

NOSSAS dicas

CIDADE DO CABO

  • Na Robben Island visite o gratuito Museu District 6 que fica no centro em uma região onde muitas famílias foram forçadas a sair de suas casas. Acredito que é imprescindível porque você passa a entender mais do apartheid fora dos livros de História.
  • Cifton, Camps Bay e Boudler Beach, Muizenberg: são praias belíssimas que merecem uma visitinha. Cada uma a seu estilo, com bares e restaurantes. Já Muizenberg fica longe da agitação e é a preferida dos surfistas. Boudler Beach é a praia dos pinguins, para contemplar os animais marinhos.
  • Se não fizer a via-sacra das vinícolas, sugiro ir a Groot Constantia Winery. Fica do lado do centro da Cidade, oferece degustação de vinhos e chocolate em meio aos vinhedos.
  • Não deixe de provar a uva pinotage, exclusiva da região e leva o Made in South Africa.
  • A Cidade do Cabo é muito linda, organizada e limpa, mas não ande pelas ruas a partir do momento que escurece; use taxi ou Uber para qualquer distância. Não exiba pertences, principalmente no centro. Nessa viagem não ostente joias, ou itens que possam chamar muito a atenção. Fique sempre de olho nos seus documentos e celulares e não marque bobeira.
  • Não esquecer de jeito nenhum de dar gorjetas aos garçons, O padrão é 10 a 15% se o serviço for excepcional.