JOANESBURGO

Uma cidade com “Q” de São Paulo, que tem uma vida de negócios agitada e cheia de oportunidades. De proporções gigantescas, a cidade é cosmopolita e em poucos dias a trabalho, você alia diversão e comida boa.

ONDE ir

JOANESBURGO

  • Soweto
  • Vilakasi Street
  • Mandela Museum
  • Museu do Apartheid
  • SAB World of Beer
  • Carlton Centre

ONDE ficar

JOANESBURGO

  • Sandton: é de longe o bairro mais caro de Jonesburgo. Mas quanto mais perto do shopping Sandton City (um shopping) ou a estação de trem Sandton Gautrain, melhor.
  • Morningside, Rivonia e Woodmead seguem o mesmo padrão do Sandton, bons restaurantes, bares e claro, preços mais altos.
  • Randburg: é um bairro mais residencial, é um pouco mais afastado, mas oferece bons preços e tranquilidade.
  • Rosebank, Illovo e Melrose oferecem um ótimo custo benefício. Aqui se encontram algumas atrações turísticas, próximo a shopping e um pouco menos badalado que o Sandton.
  • Maboneng oferece bons preços e o ponto alto é a segurança.

O QUE fazer

JOANESBURGO

  • Soweto: é um dos lugares mais importantes e históricos da África do Sul. A região é riquíssima pra ser explorada. Tem a avenida Vilakasi Street, a única rua no mundo que foi casa de duas personalidades, ganhadores do prêmio Nobel. Ali também está a igreja Regina Mundi e a Walter Sisulu Square of Dedication. As duas carregadas de história e um simbolismo.
  • Mandela Museum: é imperdível e emocionante, aproveite para respirar história.
  • Museu do Apartheid: é obrigatório na cidade. Uma boa combinação é conhecer Soweto e depois o Museu do Apartheid, ou vice-versa. Se ficar cansativo, volte mais vezes.
  • Museu da Cerveja – SAB World of Beer: aprender história é legal, mas e o processo de fabricação da cerveja na África do Sul e no mundo¿ melhor ainda! E no final do tour ainda tem a degustação dos rótulos.

NOSSAS dicas

JOANESBURGO

  • Cuidado ao sair após o sol se por. Como toda cidade grande tem fama de violenta.
  • Ao procurar hospedagem lembre-se que Joanesburgo é imensa e tente levar em consideração o que você pretende fazer e as restrições de locomoção.
  • Não esquecer de jeito nenhum de dar gorjetas aos garçons, O padrão é 10 a 15% se o serviço for excepcional.
  • O descolado bairro de Mabonen está em constante processo de mudança graças a ocupação artística de suas ruas, vale a visita.
  • Um museu a céu aberto é a Colina da Constituição. Antes eram prisões, agora carrega o título de repassar a importante história da recente democracia sul-africana.
  • Visite o mercado Melrose Arch, é um complexo de lojas e restaurantes e prove as delicias da tradicional comida africana.
  • Outra opção para um final de tarde/jantar em Joanesburgo é a charmosa vila 44 Stanley, erguida a partir da transformação de edifícios industriais abandonados nos anos 30.
  • Há quem ainda vai arriscar um Safari pela África ou incluir as vinícolas, aposto que sim, é o certo a se fazer. Esgote todas as chances de conhecer a África do Sul.