LONDRES

A capital do Reino Unido, a mais importante cidade da Inglaterra é sim encantadora. As imagens são clássicas e de cartão postal, não importa se você está em Londres pela primeira ou pela milésima vez, a terra da rainha é de tirar o fôlego.

ONDE ir

LONDRES

  • Big Bem
  • London Eye
  • Tate Modern e National Gallery
  • Abadia de Westminster
  • Palácio de Buckingham
  • Museu de cera Madame Tussard
  • Museu de arte moderna Tate Modern
  • The Sard

ONDE ficar

LONDRES

  • Londres sempre teve hotéis de luxo e os tradicionais B&B. Mas redes internacionais quebraram esse padrão e muitos lugares podem ser de localização privilegiada.
  • Covent Garden: é uma região prática para quem quer ficar próximo ao centro e se locomover facilmente a pé, de metrô, táxis ou aplicativos. Tem uma vida noturna agitada e fica próximo da maioria das atrações londrinas.
  • Soho: Um bairro cheio de bares, restaurantes e lojas, é a região da Broadway de Londres.
  • Kensigton: fica próximo do Kensigton Gardens, é claro, é uma das regiões mais chiques de Londres e onde está Victoria and Albert Museum e Royal Albert Hall.
  • Kings Cross: é um bairro que concentra a maioria dos trens que saem de Londres para o restante do país e de toda a Europa. Aqui a maioria das opções são hostels.
  • SouthBank e SouthWark: é uma opção alternativa e mais barata, pois fica do outro lado do Rio Tamisa e onde há menos atrações turísticas, mas é ótimo para passear a pé.Camden Town: é cheio de feirinhas e mercados e vários bares de jazz e blues
  • Shoreditch: é um bairro mais afastado, mas o lugar mais agitado do fim de semana londrino, onde tem lojas e pubs, além dos tradicionais food trucks.

O QUE fazer

LONDRES

  • Viste a Torre Elizabeth e o Big Bem que fazem parte do Palácio de Westminster, a casa do Parlamento Inglês.
  • Próximo a torre faça o passeio pela Abadia de Westminster que é o palco de alguns eventos importantes da família real e tem uma arquitetura fantástica.
  • Palácio de Buckingham é outro importante ponto turístico de Londres, seus jardins são lindíssimos e tem a troca da guarda.
  • Ainda no mesmo roteiro observe o Victoria Memorial, um monumento centenário que fica em frente ao portão principal. No centro dos jardins da Rainha.
  • Tower Bridge também chamada de London Bridge é ao lado do Tamisa e tem uma arquitetura encantadora.
  • London Eye era pra ser temporária, mas depois de tanto sucesso ela veio pra ficar. Ela presenteia como uma incrível vista panorâmica do Rio Tamisa e do seu entorno.
  • Covent Garden é imperdível e fica no coração de Londres, pronto para receber você apenas para um passeio ou para compras. Tem opções de pub, restaurantes e também salãoes de chá.
  • The Sard é um arranha céu envidraçado que se embrenhou no centro novo de Londres. O maior prédio da Europa, com 87 andares tem vista de tirar o folego.
  • Para os fãs de Beatles não deixe de ir a Liverpool e tirar uma foto na Abbey Road a emblemática capa do álbum com o mesmo nome.
  • E para os românticos, visite o bairro Notting Hill, um bairro boêmio, moderno e animado, com vários cafés estilosos. Além dos locais onde foram set de filmagens do filme Um lugar chamado Notting Hill: a Travel Bookshop e o mercado Porto Bello Road.

NOSSAS dicas

LONDRES

  • Não deixe de tirar fotos nas charmosas cabines telefônicas de Londres, a melhor cabine fica uma quadra antes do BigBen, mas você vai encontrar várias pela cidade.
  • Outro passeio importante é com o tradicional ônibus vermelho de dois andares.o charmoso e antigo Routemaster faz apenas duas linhas as chamadas rotas 9 e 15 heritage. Você pode apreciar pontos turísticos, sentados em um.
  • Onde comer: Se você está atrás de algo bem típico e em conta, invista nos pubs, sempre com boa cerveja e deliciosas tortas, além do fish and chips Na hora que a fome apertar no meio da tarde, leve em consideração tanto os cafés, quanto os salões de chá, seja os elegantes salões dentro de hotéis ou aqueles mais simples, porém deliciosos
  • Preste atenção nos horários das refeições dos londrinos, que sim, são pontuais. Em geral os horários de 12 a 15 horas para o almoço e 18h30 a 22h30 o jantar. No preço final normalmente já estão incluídos os impostos e a taxa de serviço, portanto não é necessário deixar gorjeta.
  • A melhor época para visitar é a partir de abril, o frio mais intenso já foi embora e a cidade começa a ter cores mais agradáveis. Em julho e agosto o calor propicia que se aproveitem mais os espaços abertos e os festivais nos parques, embora seja preciso conviver com a cidade mais cheia e filas nas atrações. De setembro a dezembro, as multidões do verão já foram embora e o colorido do outono cria atraentes tonalidades nas alamedas e parques.