NEW ORLEANS

A terra do jazz tem carisma, história e pessoas amáveis. Dá pra acreditar? A cada esquina músicos e a dica maior é ir fora do verão –  entre setembro e maio – pra conseguir aproveitar além da cidade os arredores. Os temíveis pântanos.

ONDE ir

NEW ORLEANS

  • French Quarter
  • French Market
  • Mardi Gras World
  • Passeio pelos rios do Mississipi
  • Café Du Monde
  • Bourbon Street – Frenchmen Street
  • Tour Fantasma
  • Corredor dos Museus
  • Passeio pelos pântanos

ONDE ficar

NEW ORLEANS

  • French Quarter é um ótimo bairro pra se fazer tudo a pé e é aqui que tudo acontece.
  • Decatur Street é um bairro que abriga a maioria dos pontos turísticos.
  • Central Busines District longe do burburinho, mas próximo suficiente do Bairro Frances, esse bairro dispõe de bons restaurantes e um valor mais em conta na hospedagem.
  • Marigny – Bywater são os dois bairros mais em conta em Nova Orleans, tem bons bares e ainda assim há alguns minutos do Bairro Frances.
  • Treme é a região mais central da cidade, mas exige transporte público ou taxi.

O QUE fazer

NEW ORLEANS

  • French Quarter é o bairro da vez, em uma caminhada rápida você já descobre que o bairro oferece uma belíssima arquitetura com influencias francesas e espanholas. É aqui que também se encontra o French Market onde você encontra souvenirs, lembrancinhas e arte.
  • Decatur Street você encontra a Catedral St Louis e a praça Jackson, que também fica no bairro Frances. É ali pelos jardins em que você encontra uma mistura de crenças, mesas de cartomante e voodoo. Para quem gosta de passeios guiados, escolha uma charrete.
  • Bourbon Street é uma pedida para curtir o Jazz e bons restaurantes com música ao vivo.
  • Rio Mississipi é um passeio imperdível de dia ou a noite. E por fim o charmoso Café du Monde.
  • Tour Fantasma é famoso porque aqui a relação da cidade com a morte é bem familiar. A cultura de caveiras e cores é bem difundida em souvenirs e pinturas. O povo realiza uma verdadeira celebração em funerais. Quando falece alguém, nada de lágrimas. O cortejo é feito com trompetes, trombones, sombrinhas coloridas e alegria no chamado Jazz Funeral.
  • Passeio pelos pântanos e arreadores é outro programa diferente, mas imperdível. O tour leva os turistas para um passeio pelas plantações de açúcar que foram movidas a mão-de-obra escrava antes da guerra civil. Escolha ao menos um dos históricos casarões dessas plantations para conhecer. Depois embarque na aventura dos pântanos da Louisiana. Há passeios de pequenos barcos ou kayak, além da natureza às vezes é possível avistar os jacarés e outros animais. E por sorte poderá segurar um jacaré bebê para fotos.

NOSSAS dicas

NEW ORLEANS

  • Há bondinhos para se locomover pela cidade, uma ótima opção para passear e economizar tempo caminhando.
  • É possível fazer uma viagem bacana, gastando bem pouco já que New Orleans oferece uma enorme quantidade de lugares gratuitos e com boa música.
  • Mardi Gras World é um ‘barracão’ de carnaval de Nova Orleans. O espaço é aberto para visitação o ano todo.
  • Se for fazer o passeio pelo Mississipi escolha os catamarãs que oferecem refeição e música ao vivo, de dia ou de noite.
  • O corredor dos Museus no Arts District são um charme à parte. O Museu da Guerra Civil da Louisiana, o Museu Ogden de Arte do Sul, o Centro de Artes Contemporâneas e o Museu Nacional da Segunda Guerra Mundial são paradas certas para quem gosta de arte e história.