PEQUIM / BEIJING

Lendária e cosmopolita. Pequim é a enorme capital da China que é conhecida por sua arquitetura moderna e a grande muralha. Na China tudo é grande. A começar pelo novo aeroporto, o maior do mundo. A cidade é ainda um dos destinos turísticos mais visitados e em mais de três mil anos de história, a cidade já foi o centro de impérios e dinastias, além de palco de inúmeras revoluções, inclusive a tecnológica.

ONDE ir

PEQUIM / BEIJING

  • Cidade Proibida
  • Grande Muralha
  • Palácio de Verão
  • Templo do Céu
  • Bairro artístico 798

ONDE ficar

PEQUIM / BEIJING

  •  Wangfujing: a principal zona turística, essa área é ideal para quem deseja estar perto de lojas, restaurantes e ter fácil acesso a lugares como a Cidade Proibida. O bairro tem uma rua de compras, onde é possível encontrar roupas, antiguidades, lembrancinhas e comidas.
  • Qianmen: é outra ótima região para se hospedar, principalmente para quem gosta de uma região boemia. Localizada ao sul da Praça da Tiananmen é uma área super conveniente, pertinho da Cidade Proibida.
  • Sanlitun: se você quer se hospedar em uma região moderna e com uma agitada vida noturna, esse é o lugar perfeito para ficar em Pequim.
  • Gulou e Nanluguoxiang: aqui você vai encontrar opções de hospedagem com preços um pouco melhores, já que não é uma região tão turística.

O QUE fazer

PEQUIM / BEIJING

  • Cidade Proibida: no coração de Pequim é o maior complexo palaciano do mundo, além de ser também a maior e mais preservada coleção de prédios antigos da China. Era a cada de imperadores e seus funcionários, com básicos 980 edifícios.
  • Grande Muralha: o símbolo máximo da China, com 8.850 km de extensão, é a estrutura mais longa já erguida pelo homem. Sua construção demorou 20 séculos para ser finalizada.
  • Palácio de Verão: um lugar que concentra monumentos, jardins, lagos e pontes, é um ótimo e refrescante passeio. Não deixe de ir até a ponte de dezessete arcos, com leões em mármore e uma colina da longevidade.
  • Templo do Céu: um lindo e gigantesco templo circular, construído no século 15 e usado pelos imperadores para orar por boas colheitas. Este Patrimônio Mundial da Humanidade foi erguido sobre uma plataforma de três camadas de mármore, o que confere um ar ainda mais sagrado.
  • Bairro artístico 798: antigo complexo militar, hoje o 798 é um importante centro de arte e cultura. Perca-se por suas numerosas galerias de arte, cafés, restaurantes, lojas de autor e muitas barracas de comida de rua chinesa..

NOSSAS dicas

PEQUIM / BEIJING

  • Xidan é o centro de compras em Pequim, aqui você vai encontrar de tudo um pouco. De marcas internacionais clássicas e sofisticadas, até os famosos produtos locais.
  • Você vai se deparar com um contraste gigantesco entre o moderno e o milenar. Os monumentos foram erguidos há séculos e que possuem arquitetura tradicional dividindo espaço com arranha-céus e cerimônias de chá à moda antiga acontecendo ao lado de redes de fast food.
  • Se você sofre de problemas respiratórios, se prepare antes de viajar. A poluição é um dos grandes problemas do país. Leve os medicamentos que costuma usar para não estragar nenhum passeio.
  • O país é considerado muito seguro e você não precisa se preocupar em ser assaltado.
  • Apenas cuide com os taxistas e os tuk-tuks. Como em todo o lugar do mundo, os taxistas chineses tentam negociar o valor da corrida ao invés de ligar o taxímetro, além de repassarem notas falsas para clientes desatentos. Para fugir das armadilhas, a melhor opção é o transporte público. O metrô é fácil de se usar e totalmente bilíngue (inglês e chinês)
  • Ande com o nome do hotel em chinês e inglês. Caso se perca ou precise de informações será mais fácil a comunicação.
  • Arrotar em público também é algo muito natural para os chineses. No país arrotar é sinal de gratidão.
  • Outra cultura local é que a maioria das pessoas (quase todos) fumam dentro de lugares fechados, como restaurantes, shoppings e banheiros públicos.

A GRANDE muralha da china

PEQUIM / BEIJING

A Grande Muralha começou a ser construída em 220 a.C e levou dois séculos para acabar. O complexo de muralhas tem mais de 8 quilômetros de extensão, mas até hoje ninguém tem dados concretos. Acredita-se que a Muralha foi construída como proteção contra as invasões bárbaras. Os muros chegam a 7 metros de altura. São liberados alguns trechos da Muralha. Alguns mais ‘autênticos’ que os outros. São lugares distintos onde alguns acessos são melhores para quem em restrições de locomoção.

  • Badaling fica a 70 Km de Pequim, é o trecho mais popular entre os turistas.
  • Ancient Part é uma parte menos lotada. Pode garantir melhores fotos.
  • Juyonguan fica a 60 Km de Pequim que fica mais próxima de Pequim e é adaptada para cadeirantes.
  • Jiankou fica a 80 Km de Pequim é um trecho mais intocado da Muralha. Tem uma inclinação perigosa.
  • Mutianyu é a mais distante e é uma das melhores e mais bonitas regiões para visitar a Muralha, com destaque para as vistas incríveis e para a quantidade de torres de vigia.
  • Gubeikou fica 146 Km de Pequim, ainda não foi restaurada, por isso mantém a sua beleza original.
  • Jinshanling fica a 130 Km de Pequim é uma das partes mais preservadas da Muralha e aqui da para observar o sistema defensivo completo..
  • Simatai fica a 70Km de Pequim, o trecho foi parcialmente restaurado e a área turística é limitada. Para fazer essa visita desde que antes faça a reserva online.