LISBOA

A capital de Portugal é incrível, cosmopolita, onde o antigo e o novo combinam e muito. Cheia de histórias para contar em cada esquina, o sol brilha a maior parte do ano. São quase 300 dias de céu limpo e temperatura na casa dos 15º. Um lugar de preços formidáveis, seja na gastronomia, na bebida ou nos passeios. Mas o valor mesmo está na receptividade.

ONDE ir

LISBOA

  • Mosteiro dos Jerónimos
  • Museu Nacional de Arte Antiga
  • Arco da Rua Augusta
  • Oceanário
  • Ponte Vasco da Gama
  • Castelo São Jorge
  • Museu Nacional do Azulejo
  • Torre de Belém
  • Elevador Santa Justa
  • Praça do Comércio

ONDE ficar

LISBOA

A região central de Lisboa é enorme e para encontrar um bom lugar para se hospedar é preciso separar a cidade por regiões. Vamos lá.

  • Região Alta – fica no coração de Lisboa. Até parece clichê, mas se hospedar no Centro histórico é sempre a melhor escolha. Mas é preciso investir no hotel, para economizar no transporte. O melhor é que você ganha no tempo e aproveita para explorar a pé a cidade.
  • Região Baixa | Chiado – fica numa das praças mais visitadas de Lisboa, a Terreiro do Paço, como também é conhecida a Praça do Comércio. Onde tem bons cafés e restaurantes. Além das lojas de marca.
  • Marques de Pombal – é próximo aos parques e uma opção mais procurada quando se leva em conta o custo-benefício. Opção de hospedagens baratas e boa localização já que fica na parte nova da cidade.
  • Avenida da Liberdade – começa o Bairro Rossio e fica um pouco mais longe do centro. Apesar de ser repleto de cafés e lojas de luxo. Com sofisticação e hotéis de alto padrão.
  • Bairro Rossio – o bairro tem uma localização privilegiada. Onde fica a praça Don Pedro e a um paço do Centro Histórico.
  • Bairro Principe Real – fica na região alta e é um bocado menos agitado. Servido de transporte público e pertinho de tudo.
  • Alfama e Castelo – Com ares medievais esses bairros sobreviveram ao terremoto de 1755 e são bairros singulares onde você encontra os lugares mais tradicionais de Lisboa.
  • Cais Sodré – é região de porto toda revitalizada e o bairro mais próximo da estação de trem e metrô. Com uma vida noturna bem agitada e com preços ótimos.

O QUE fazer

LISBOA

  • A Praça do Comércio é lindamente as margens do Rio Tejo, com cais e grandes colunas. Foi a porta de entrada da cidade e está a dois paços das vielas e do Arco da Rua Augusta.
  • A Praça D. Pedro IV, também conhecida como Rossio, com uma calçada bem comum para os Brasileiro, os ladrilhos de Copacabana, ao lado da linda Estação do Rossio.
  • Para subir a ladeira até o Chiado, vale embarcar num dos lindos ascensores. O preferido é o Elevador de Santa Justa e dá perfeitamente para entender o porquê. Desça no Largo do Carmo, onde há as impressionantes ruínas do Convento do Carmo.
  • Uma vez lá em cima, é hora de passear pelas ruas do Chiado e do vizinho Bairro Alto e descobrir livrarias, confeitarias e lojas cheias de charme.
  • Em direção a Alfama, logo você se depara com a Sé, a catedral de Lisboa. Uma linda fortaleza construída em 1150 que escapou ilesa do terremoto a uma pequena distância da Igreja de Santo Antonio. Onde dizem que ele nasceu
  • Belém é o berço do Mosteiro dos Jerônimos uma joia de arquitetura de 1500, onde há a igreja com a criptas de Vasco da Gama e Camões e a estonteante Torre de Belém.

NOSSAS dicas

LISBOA

  • Quer uma foto tradicional de Lisboa, no Chiado fica o famoso café A Brasileira onde está a estátua de Fernando Pessoa. Depois disso é uma boa pedida embarcar no Eléctrico 28 na Calçada do Combro e seguir de lá até Alfama, uma espécie de mini city tour.
  • Desfrute das vielas de Alfama, com suas quitandas com cara de antigamente e os varais recheados de roupas coloridas nas janelas. Às terças e sábados tem feirinha. Procure por relíquias entre quinquilharias e antiguidades.
  • Incrível mesmo é andar pelos lados da Fundação de José Saramago onde tem diversos restaurantes com mesinhas ao ar livre. Ali perto invista num passeio no complexo cultural onde há as obras-primas de vários artistas, como Pablo Picasso.
  • Lisboa pede um piquenique com calma nos parques da cidade. O preferido é o Jardim do Príncipe Real.
  • Aproveite as Tascas, o famoso bacalhau português e os mariscos. Além das cervejas e vinhos tradicionais de Portugal.
  • Por falar na doce Lisboa, se delicie com os macarons, petit fours, sem deixar de fora os incríveis pastéis de nata e os pasteis de Belém. Vá na Fábrica de Nata, é imperdível.
  • Quer economizar: faça as refeições em panificadoras e use e abuse do transporte público, que é bom demais.
  • Para os amantes de futebol tem o Benfica e pertinho dele o Shopping Vasco da Gama e de quebra do mezanino veja o porto do sol na Ponte Vasco da Gama.
  • Não deixe de ir a Cascais. Vá até o cais e faça uma travessia rápida. Você não vai se arrepender, as praias são incríveis.
  • Sintra é outro encanto e a poucos minutos de Lisboa. É outro destino imperdível, recheado de atrações e o trem parte de hora em hora e são apenas alguns minutos de viagem. Sintra também é famosa por seus doces. Não vá embora sem provar as queijadas e os travesseiros feitos de massa folhada cobertos de açúcar.
  • Um passeio agradável é ir de carro até Nossa Senhora de Fátima e a Praia de Nazaré com as maiores ondas do mundo. Um pouco mais de uma hora.